Em reação aos efeitos econômicos causados pela pandemia do Coronavírus, a Caixa Econômica Federal anunciou nas últimas semanas um novo pacote de medidas. Entre elas, está a determinação de que os novos contratos de financiamento imobiliário fechados a partir do dia 13 de abril terão carência de seis meses para o início do pagamento.

Ou seja, durante 180 dias, as pessoas físicas não precisarão pagar as parcelas e terão uma folga para realizar o sonho da casa própria. No caso de contratos mais antigos, permanece o prazo de suspensão de até 3 meses para o pagamento das prestações. No entanto, de acordo com o presidente da instituição, caso a crise seja agravada, há a possibilidade de extensão dos prazos anunciados.

Todas as medidas são válidas de clientes do Minha Casa Minha Vida aos clientes de média renda: todos estão contemplados. Para garantir o prazo estendido, os clientes devem procurar o banco pelos canais digitais ou telefone da Caixa e solicitar a suspensão.

Outra vantagem apresentada no pacote de medidas que impacta nos contratos habitacionais da Caixa é a possibilidade de utilização do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para pagamento de parte da prestação. Os clientes do banco poderão pedir a pausa no pagamento da parte não coberta pelo FGTS da prestação, por 90 dias.

Além disso, aos clientes que constroem imóveis com financiamento da Caixa (construção individual), será permitida a liberação antecipada de até duas parcelas, sem a vistoria.

O banco anunciou ainda a renegociação de contratos com clientes em atraso entre 61 e 180 dias, permitindo pausa ou pagamento parcial das prestações.

Outras vantagens de comprar um imóvel em 2020

Comprar um imóvel agora é um excelente negócio – é o que afirmam os especialistas. O bom momento se deve à queda dos juros no crédito imobiliário e à ampliação do teto das linhas de financiamento – ações adotadas por alguns dos bancos do país.

Com a queda da taxa básica de juros, a Selic, de 4,25% para 3,75% ao ano, alguns bancos reduziram as taxas de suas linhas de crédito imobiliário e pessoal, o que tornou o financiamento da casa própria bastante atrativo.

Outro motivo que favorece a compra é que, com a recessão econômica, muitas pessoas e empresas estão colocando imóveis à venda, o que provoca queda nos preços.

No entanto, especialistas ponderam e alertam: em períodos como esse, muita gente fica sem emprego e uma decisão mal tomada e à longo prazo, como a compra um imóvel em Curitiba, pode refletir em uma perda de recursos poupados por anos ou até mesmo em endividamento.

Ou seja, para quem não tem tanto dinheiro guardado, investir em um imóvel é mais arriscado. Já para quem tem rendimento garantido ou puder pagar à vista, fazendo a compra sem comprometer a liquidez da carteira e tiver disposição para negociar, o momento é realmente muito oportuno.

Seja qual for sua escolha, conte sempre com a JBA Imóveis para realizar o melhor negócio!

A JBA Imóveis possui os melhores imóveis à venda em Curitiba e região. Com atuação no mercado imobiliário desde 1993, somos especialistas na venda de sobrado residencial e outros imóveis em Curitiba. Oferecemos todo o suporte necessário para quem deseja fechar o melhor negócio.

Com profissionais especializados e agilidade no atendimento, aqui você recebe orientação em todas as etapas para comprar um imóvel em Curitiba e região.